Optchá meu Povo Cigano!!

Optchá meu Povo Cigano!!
Fatima Silva Amaya

Gitana Fatima Silva Amaya

3 de abril de 2011

Pomba Gira Rainha / Maria Padilha Rainha do Cabaré

Falange  das Pomba  Gira  Rainha


Pomba Gira Rainha

Pomba Gira Rainha

A expressão Pomba Gira rainha, refere-se a uma falange. Algumas Pombas Giras de outras falanges, utilizam-no como complementação simbólica, fazendo uma referência a alguma de suas encarnações ou como uma espécie de irreverência entre elas.

A falange Pomba Gira teve sua formação hierárquica oroginal composta por espíritos que viveram como mulheres inseridas nas camadas da nobreza e burguesia européia, especialmente a francesa e a espanhola, entre os séculos
12 e 19.
Essas mulheres eram rainhas,imperatrizes, princesas, condessas, duquesas, baronesas, marquesas, viscondessas.
Muitas dessas entidades usam em sua forma perispiritual, a aparência que tinham nessa encarnação, com todos os aparatos e vestuários da época. Mas o fato de usarem a roupagem fluídica de nobres desse período da história e de usarem a identificação "Rainha", não quer dizer que tenham encarnado apenas nessas circunstâncias, e que nessa falange não existam espíritos com histórias anteriores e posteriores a esse período. Aliás, é muito comum as Pombas Giras terem vivido as mais diferentes experiências de vida, encarnadas ou na erraticidade.

Apresentam-se nobres, altivas, educadas, requintadas e elegantes, sendo muito vaidosas. Além disso são muito agradáveis, cultas, alegres, leves e excelentes facilitadoras da vida de seus médiuns. As Pombas Giras Rainhas, raramente incorporam e na maioria das vezes, seus protegidos, sequer sabem de sua existência, ou tem interesse por esse tipo de vivência religiosa-espiritual. 
Esses protegidosem geral são pessoas que seguem religiões tradicionais e que muito provavelmente irão passar por essa existência sem nunca terem falado com uma Pomba Gira. 
Algumas vezes, quando essas pessoas, têm um canal mediúnico mais aberto e percebem a presença da entidade, costumam ficar apavorados, já que lhes falta intimidade com esse universo, e dependendo da religião que sigam, acham que estão sendo influenciados por espíritos malignos ou algo pior!

Os espíritos que pertencem a essa falange, costumam ter em comum, as experiências encarnatórias com histórias de luxo, poder, sensualidade. O que os torna atípicos, quando se pensa as Pombas Giras como espíritos de mulheres que viveram sem recursos materiais e que tiveram que lutar para sobreviver ( o que de fato se deu com a maioria).
Mas como já mencionei, as Guardiãs são espíritos muito, muito experientes em diversas circunstâncias existenciais.

As Pombas Giras Rainhas são ótimas auxiliadoras e conselheiras, embora o termo Rainha possa indicar superioridade, arrogância ou frivolidade. São como todos os espíritos de Pombas Giras, sem nenhum grau de superioridade ou inferioridade em relação aos demais. São seres humanos desencarnados, com qualidades e deficiências, trabalhando para crescerem e em busca da paz, alcançada somente pelos justos.

ALGUMAS POMBAS GIRAS RAINHAS:
Pomba Gira Rainha da Encruzilhada
Pomba Gira Rainha das Sete Encruzilhadas
Pomba Gira Rainha da Calunga
Pomba Gira Rainha do Cruzeiro
Pomba Gira Rainha das Almas
Pomba Gira Rainha da Lira
Pomba Gira Rainha da Tronqueira
Pomba Gira Rainha do Cruzeiro das Almas
Pomba Gira Rainha do Oriente
Pomba Gira Rainha Cigana
Pomba Gira Rainha do Cabaré
Pomba Gira Rainha da Praia

CORES: variadas.(dourada, verde esmeralda, azul royal, vermelha, vermelha e preta, preta e branca, preta, mas quase sempre acompanhadas de dourado)
OFERENDAS: mais requintadas, serão citadas nesse e em outros blogs meus.
VELAS: vermelhas, vermelha e preta, douradas, brancas
(NOTA) POMBAS GIRAS PODEM USAR QUALQUER COR DE VELAS NOS SEUS TRABALHOS.
NOS PONTOS DE FIRMEZA É QUE SEMPRE USAM AS ESPECÍFICAS DA FALANGE E FUNÇÃO, NORMALMENTE AS VERMELHAS, VERMELHAS E PRETAS, PRETAS.
AUXILIAM MAIS ESPECIFICAMENTE: sucesso na carreira, estabilidade, proteção, ascenção social, amor, união e harmonia familiar, viagens, estudos, projetos culturais,etc.



Maria Padilha  Rainha do Cabaré
Maria Padilha  Rainha do Cabaré

A Pomba Gira Maria Padilha é a Rainha do Reino da Lira é também conhecida como, Rainha do Cabaré.

A Pomba Gira representa o poder feminino feiticeiro. Ela pode ter muitos maridos, que se tornam seus escravos, ou empregados.

Mulher do Exú Rei das sete liras ou Exu Lúcifer. É bonita, jovem, sedutora elegante, feminina, mas também tem vidência, é certeira e sempre tem algum conselho para quem sofre por amor. Sua força também é usada para desmanchar feitiços pedir proteção e curar doenças. 
****************************************************************************
Ela foi espanhola, foi Rainha dona de castelo e adorava bacalhau, queijos e vinhos, claro que hoje estando evoluida , não mais nessa matéria aceita as oferendas comuns, mas ela é muito fina, sabe bem o que é bom, gosta de jóias, roupas feitas de bons tecidos, adora saia com muitos babados, pois como disse foi espanhola, adora um leque.


************ *

Ela é uma pombagira que adora belas roupas, gosta de ser bem cuidada, joga cartas , sabe ser amiga de seus cavalos e sabe o que diz, vem a terra a trabalho e não a passeio.


************ **

Diz a sua história que quando passou pela terra foi dona de um cabaré muito famoso,onde se fez tornar uma mulher marcante na sociedade da época. Amar ? Amou sim, uma vez só e por ter sofrido por um grande amor resolveu não se entregar nunca mais a ninguém. Foi uma mulher bem sucedida e se tornou rica, muito rica... Ela tinha um dom que lhe acompanhava desde menina o dom das cartas o misterioso Futuro no qual ela o adivinhava,este dom vem dos seus antepassados pois ela vem de uma família Espanhola...


************ ******

maria padilha

rainha do cabaré

ela chega de mancinho

venha ver quem ela é

ela é rainha

ela é mulher

ela é maria padilha rainha do cabaré
Maria Padilha Rainha do Cabaré, mais uma das Pombagiras que visam o zelo pelas coisas do coração e do dinheiro.

RAINHA DO CABARÉ......



É a Rainha do reino da lira.

"Lira é uma cidade africana, que fica nas fronteiras orientais do Reino Baganda, de lá venho eu...” também conhecida como” Rainha do Candomblé” ou Rainha das Marias.

Rainha do candomblé não pelo culto africanista aos Orixás, senão por ser essa palavra o sinônimo de dança e música ritual.

Devemos dizer que a Pombagira representa o poder feminino feiticeiro, comparável com as Iyami Oxorongá dos iorubás.

Ela pode ter muitos maridos, que se tornam seus "escravos" ou empregados. Em terras bantas é originalmente chamada de “Aluvaia-Pombagira" , está é uma palavra africana de um idioma do povo banto (Angola), erroneamente confundido por algumas pessoas desinformadas com palavras do português “pomba um pássaro” e "gira sentido de movimento circular”.

Mulher de Exu rei das 7 Liras ou Exu Lúcifer como é conhecido nas kimbandas.
É bonita, jovem, sedutora, elegante, feminina, mas também tem vidência, é certeira e sempre tem algum conselho para dar.

Os Companheiros de D. Cabaré Maria Padilha "Rainha" do Cabaré, é a grande dama da malandragem; tanto que em suas festas os Malandros (Zé Pilintra, Zé Malandro, Zé do Catimbó, entre outros), são presença marcantes em sua festa; porém sabemos que esta grande mulher que tem 7 amores; tem muitos companheiros; que estão fora da malandragem.


É a Rainha do reino da lira, "Lira é uma cidade africana, que fica nas fronteiras orientais do Reino Baganda, de lá venho eu...” também conhecida como” Rainha do Candomblé” ou Rainha das Marias.

            Rainha do candomblé não pelo culto africanista aos Orixás, senão por ser essa palavra o sinônimo de dança e música ritual.

Devemos dizer que a Pombagira representa o poder feminino feiticeiro, comparável com as Iyami Oxorongá dos iorubás. Ela pode ter muitos maridos, que se tornam seus "escravos" ou empregados.

            Em terras bantas é originalmente chamada de “Aluvaia-Pombagira", está é uma palavra africana de um idioma do povo banto (Angola), erroneamente confundido por algumas pessoas desinformadas com palavras do português “pomba um pássaro” e "gira sentido de movimento circular”.

Mulher de Exu rei das 7 Liras ou Exu Lúcifer como é conhecido nas kimbandas.

             É bonita, jovem, sedutora, elegante, feminina, mas também tem vidência, é certeira e sempre tem algum conselho para aqueles que estão sofrendo por um amor, mas também é usada a sua força para desmanchar feitiços, para pedir proteção e curar várias doenças.

 Mas não se engane, pois ela gosta de ser respeitada e admirada e é ponta de agulha, quem brinca com ela geralmente vai morar na sepultura.

Sua característica principal é ser uma pombagira festeira adora festas com ritualísticas e alegria daí ser chamada de rainha do candomblé.

           Prefere bebidas suaves, vinhos doces, licores, cidra, champagne, anis etc...

           Gosta de cigarros e cigarrilhas de boa qualidade, assim como também lhe atrai o luxo, o brilho, destaque, flores e perfumes, usa sempre muitos colares, anéis, brincos, pulseiras etc...

Maria Padilha se divide em muitos outros caminhos, para melhor reverencia-la:

Maria Padilha Rainha dos 7 Cruzeiros da Kalunga

Maria Padilha Rainha das 7 Encruzilhadas

Maria Padilha Rainha dos Infernos

Maria Padilha Rainha das Almas

Maria Padilha das Portas do Cabaré

Maria Padilha Rainha das 7 Navalhas (ou facas)

Maria Padilha Rainha da Figueira

Entre tantas outras...

Então, já que tivemos a oportunidade de conhecermos um pouco mais dessa sedutora e misteriosa pombagira, vamos sempre lembra-la e admira-la não só por sua beleza mais sim também por seus feitos.

Larôie Pombagira.




Nenhum comentário:

Postar um comentário